13 de setembro de 2011

UMA HISTÓRIA DO CAMPO DO SANTANA...

O seu Francisco Pereira Netto e a dona Deomira são moradores do Campo de Santana. Seu Francisco vive no bairro desde os seus 2 meses de vida, hoje com 81 anos conta um pouco da sua história que se confunde com a da criação desse pedacinho de Curitiba. Casado há 64 anos, eles tiveram 11 filhos 10 deles nasceram no Campo de Santana.

Dona Deumira nasceu em Umbara, seu  Francisco em São José dos Pinhais, eles contam que na região viviam poucas familias, 25 em uma extensão  de 6 quilômetros. Seu Francisco que é  provavelmente o morador  mais antigo do bairro relatou que essa região pertencia a um único dono, Joaquim Santana e sua propriedade se extendia do início do bairro Caximba até o Pinheirinho.
 
Seu Francisco conversou com a equipe do blog e contou um pouco da sua trajetoria de vida. 

Equipe:
Renan Patrick da Silva 
Emerson Cardoso
Cleverson Ricardo 
Willian Barbosa da Silva 
Natiele de Lima 
Lucas Eduardo 
Lucas Willian


GRUPO DE EDUCOMUNICAÇÃO CRAS DOM BOSCO 
Evanise Gomes - Coordenação

6 de setembro de 2011

O Campo de Sant'ana...

O Campo de Santana   começou a ser considerado comunidade urbana a partir de 1981. Situado a 28 quilômetros do centro de Curitiba, com acesso pela BR -116 faz divisa com os bairros Tatuquara, Umbará e com um município de Araucária. É comstituído por conjuntos habitacionais, as vilas: Rio Bonito, Dom Bosco,  Riacho Doce, Moradias Lombari, Jardim Sant'ana, Jardim Cajueiro e outros. O bairro tem o seu ponto inicial na confluência do Rio Barigui com o Riberão Campo de Sant'ana. De seu ponto inicial, ele segue até a sua cabeceira para a estrada da Caximba. Posteriormente vai até a    BR-116 e ao afluente do Arroio Prensa e depois, para o Rio Iguaçu até uma estradinha que faz limite com o bairro Caximba.